Posts Tagged ‘Lucas 11.11-13’

12 De Setembro
Jesus respondeu e disse: Não sabeis o que pedis“, Mat.20.22

Existem oportunidades na nossa vida espiritual, nas quais nos vemos encarcerados dentro duma verdadeira confusão; e não adianta dizer que não deveria haver confusão em nós. Não se trata de confusão quanto ao que é certo ou errado; é Deus conduzindo-nos por um caminho que no momento não compreendemos para nos agarrarmos a Ele. E é só passando pela confusão que chegamos a entender o que Deus quer de nós.

O toldo da amizade dEle, Luc.11.5-8. Jesus citou o exemplo de um homem que parecia não se importar com o seu amigo e explicou que, às vezes, o Pai celestial vai dar-nos essa impressão dele. Porventura passará pela nossa cabeça que ele não é um amigo leal, contudo, devemos lembrar-nos de que Ele o é de facto. Tempo virá em que tudo será esclarecido. Uma nuvem encobre a afeição dele de todos nós e o coração não a vê mais; e não poucas vezes o próprio amor tem que esperar, com sofrimento e lágrimas, a bênção de uma comunhão melhor ainda. Quando parecer que Deus está completamente oculto de nós, você ainda assim confiará nele?

A sombra da paternidade, Luc.11.11-13. Jesus diz-nos que haverá ocasiões nas quais o Pai nos parecerá ser pai estranho a nossos olhos, duro e indiferente para connosco; mas, lembremo-nos de que não é assim na realidade. “Por isso vos digo:… todo aquele que pede, recebe”, Luc.11.10. Se uma sombra encobre a face do Pai neste momento, creia que, finalmente, ele lhe dará uma clara revelação sobre Ele mesmo e se justificará diante de si em relação a tudo quanto aconteceu.

A Subtileza da Sua fidelidade, Luc.18.1-8. “Quando vier o Filho do homem, achará porventura fé na terra?” Luc.18:8. Encontrará a fé que confia nele mesmo diante de perplexidades? Tome uma posição de fé, acreditando que o que Jesus disse é verdade sempre, mesmo que nesse meio tempo você nada entenda sobre o quanto Deus está fazendo. Para ele, estão em jogo questões muito maiores do que apenas os pedidos que você Lhe faz no dia-a-dia.

REAVIVAMENTOS

(www.reavivamentos.com)

“…Olhos para o cego e pés para o coxo… pai para o orfão e a causa que desconhecia, investiguei…” Jó 29:15,16

Advertisements

12 De Setembro 
Jesus respondeu e disse: Não sabeis o que pedis“, Mat.20.22

Existem oportunidades na nossa vida espiritual, nas quais nos vemos encarcerados dentro duma verdadeira confusão; e não adianta dizer que não deveria haver confusão em nós. Não se trata de confusão quanto ao que é certo ou errado; é Deus conduzindo-nos por um caminho que no momento não compreendemos para nos agarrarmos a Ele. E é só passando pela confusão que chegamos a entender o que Deus quer de nós.

O toldo da amizade dele, Luc. 11.5-8. Jesus citou o exemplo de um homem que parecia não se importar com o seu amigo e explicou que, às vezes, o Pai celestial vai dar-nos essa impressão dele. Porventura passará pela nossa cabeça que ele não é um amigo leal, contudo, devemos lembrar-nos de que ele o é de facto. Tempo virá em que tudo será esclarecido. Uma nuvem encobre a afeição dele de todos nós e o coração não a vê mais; e não poucas vezes o próprio amor tem que esperar, com sofrimento e lágrimas, a bênção de uma comunhão melhor ainda. Quando parecer que Deus está completamente oculto de nós, você ainda assim confiará nele?

A sombra da paternidade, Luc. 11.11-13. Jesus diz-nos que haverão ocasiões nas quais o Pai nos parecerá ser pai estranho a nossos olhos, duro e indiferente para connosco; mas, lembremo-nos de que não é assim na realidade. “Por isso vos digo:… todo aquele que pede, recebe“, Luc.11.10. Se uma sombra encobre a face do Pai neste momento, creia que, finalmente, ele lhe dará uma clara revelação sobre Ele mesmo e se justificará diante de si em relação a tudo quanto aconteceu.

A Subtileza da Sua fidelidade, Luc. 18.1-8. “Quando vier o Filho do homem, achará porventura fé na terra?” Luc.18:8. Encontrará a fé que confia nele mesmo diante de perplexidades? Tome uma posição de fé, acreditando que o que Jesus disse é verdade sempre, mesmo que nesse meio tempo você nada entenda sobre o quanto Deus está fazendo. Para ele, estão em jogo questões muito maiores do que apenas os pedidos que você Lhe faz no dia-a-dia.

REAVIVAMENTOS

(www.reavivamentos.com)

“…Olhos para o cego e pés para o coxo… pai para o orfão e a causa que desconhecia, investiguei…” Jó 29:15,16