Posts Tagged ‘discovery house publishers’

Por Oswald Chambers

E qual o pai de entre vós que, se o filho lhe pedir pão, lhe dará uma pedra? Ou, também, se lhe pedir peixe, lhe dará por peixe uma serpente?
Ou, também, se lhe pedir um ovo, lhe dará um escorpião?
Pois se vós sendo maus, sabeis dar boas dádivas aos vossos filhos, quanto mais dará o Pai celestial o Espírito Santo àqueles que lho pedirem?
 Lucas 11:11-13

Jesus diz que haverá momentos em que o nosso Pai celestial há de aparecer como se fosse um pai duro, perverso e indiferente. Porém lembre-se, diz Jesus, vos tenho dito – ” todo o que pede recebe.” Geralmente, quando estamos confusos espiritualmente a saída que encontramos é pensar que cometemos algum erro, e consequentemente acabamos retrocedendo ao invêz de avançarmos. “Não sei o que fazer; estou diante de uma parede.

Te apoiarás no que Jesus disse? Se há um silêncio por parte de Deus Pai, mantém a confiança que no momento idela Ele há de aclarar as coisastal como Jesus dise. Não se trata de uma questão sobre sim ou não ou certo e errado, ou sobre estar ou não em comunhão com Deus ; mas uma questão sobre Deus a guiar-nos por um caminho cujo propósito não percebemos naquele momento.

Perguntas para reflexão:

  • Em que questão Deus parece estar indiferente para comigo?
  • A situação que vivo, respondo-a com fé ou dúvidas?

 

The Place of Help, © Discovery House Publishers

 

Advertisements

Por Oswald Chambers

Porque pela graça sois salvos, por meio da fé; e isto não vem de vós, é dom de Deus.
Efésios 2:8

Será que em nossas orações temos aprendido quão poderoso é a frase “ousadia para entrar no santuário, pelo sangue de Jesus”? (Hebreus 10:19). Ela quer dizer que podemos falar com Deus tal como Jesus fazia, mas apenas pelo direito adquirido atráves da Sua expiação. Nunca nos enganemos pensando que por termos sido obedientes, ou por necessitarmos de uma ajuda diante de uma situação crítica, Deus nos ouvirá.  Só podemos chegar ao santuário por meio do sangue de Jesus.

A certeza espiritual que temos na oração é uma certeza que provém de Deus, e não dum momento no qual aparentamos possuir uma espécie de santidade.

Para reflectir: quando foi a última vez que vi algo a maneira de Deus ao invés de pedir que ELE o veja a minha maneira?

 

Fonte: Our Brilliant Heritage and Disciples Indeed, © Discovery House Publishers