Posts Tagged ‘Apologética’

Abû Hâmid Muhammad ibn Muhammad al-Ghazâlî ( ou simplesmente Al-Ghazali) foi um Teólogo Muçulmano da Persia, actualmente Irão no sec. XII. cuja preocupação estava voltada a influência da filosofia Grega que negava a criação do universo por Deus, entre os Filósofos Islâmicos do seu tempo. Eles asseguravam que a existência do universo era um facto que deu-se necessariamente sem a participação de Deus e, por tanto, não tinha início algum.
Após um estudo exaustivo dos ensinos destes filósofos, Ghazali escreveu uma crítica devastadora intitulada “A Incoerência dos Filósofos”. No seu tão fascinante livro, ele defende que a idéia do universo não possuir um início era absurda. O universo deve ter um início e, uma vez que nada existe sem causa deve haver um Criador transcendente do universo.
Ghazali apresenta o seu argumento do seguinte modo: “Todo o ser que possui um ponto inicial tem uma causa para o seu início; o mundo é um ser com ponto inicial; por isso, possui uma causa para o seu início. ”[2]
O raciocínio de Ghazali pode ser resumido em três pontos:
  1. Tudo quanto começou a existir tem uma causa.
  2. O universo começou a existir.
  3. Portanto, o universo tem uma causa.
Seguindo a lógica do argumento, se as duas premissas são verdadeiras então, a conclusão é necessariamente verdadeira. Consequentemente, qualquer que queira negar a conclusão terá de considerar ou a premissa 1 ou a premissa 2 como falsa. Portanto, a questão que surge disto é:
É mais provável que estas declarações sejam verdadeiras ou que sejam falsas?
Qual é a sua opinião? Que tal deixar um comentário?
[1] William Lane Craig, Em Guarda, Ed. Vida Nova, 2011.
[2] Al-Ghazali Kitab al-Iqtisad fi’l-I’tiqad, citado em S. Beaurecueil, “Gazzali et S. Thomas d’Aquin: Essai sur la preuve de l’existance de Dieu proposé dans l’Iqtisad et sa comparaison avec les ‘voies’ Thomiste,” Bulletin de l’Institut Francais d’Archaeologie Orientale, 46, p. 203, 1947.
 
Obs: Se quiser ler e aprender mais sobre como expor e defender a razão da sua fé, consulte os blogs Fé Racional, https://williamlanecraig.wordpress.com;