31 De Maio
Mas o próprio Jesus não se confiava a eles… porque ele mesmo sabia o que era a natureza humana“, João 2.24,25

Demos prioridade à nossa confiança em Deus. O Senhor não confiava em nenhum homem; mesmo assim, ele nunca foi desconfiado, nunca se amargurou, nunca desesperava de ninguém, porque colocava sua confiança primeiro em Deus; confiava totalmente no que a graça de Deus podia fazer por qualquer ser humano. Se colocarmos nossa confiança primeiro nas pessoas, acabaremos desesperando de todos; tornar-nos-emos amargos, porque insistimos em que um ser humano seja o que nenhum deles pode ser – absolutamente recto. Nunca confiemos senão na graça de Deus, em relação a nós ou a quem quer que seja.

Demos prioridade à vontade de Deus. “Eis, aqui estou para fazer, ó Deus, a tua vontade”, Heb.10.9. O homem obedece àquilo que ele vê como uma necessidade; a obediência do Senhor era à vontade de seu Pai. O clamor de hoje é: “Precisamos de fazer alguma coisa, pois os pagãos estão morrendo sem Deus; precisamos ir falar-lhes d’Ele”. Antes demais nada, precisamos ver se as necessidades de Deus estão sendo atendidas dentro nós. “Permanecei, pois… até…” Lucas 24:49. O objectivo deste Colégio é levar-nos a posicionarmos correctamente em relação às necessidades de Deus. Depois que as necessidades de Deus em nós estiverem satisfeitas, então ele abrirá o caminho para que atendamos suas necessidades noutros lugares também.

Demos prioridade à confiança que Deus deposita em nós. “E quem receber uma criança, tal como esta, em meu nome, a mim me recebe”, Mat.18.5. A confiança de Deus está em que ele se dá a nós como uma criancinha. Deus espera que nossa vida pessoal seja uma “Belém”. Estamos porventura na permissão de que nossa vida natural seja lentamente transfigurada através da vida do Filho de Deus em nós? O objectivo final de Deus é que seu Filho possa sair manifestado através de todo o nosso corpo mortal.

 REAVIVAMENTOS

(www.reavivamentos.com)

“…Olhos para o cego e pés para o coxo… pai para o orfão e a causa que desconhecia, investiguei…” Jó 29:15,16

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s