Será que Meu Sacrifício É Vivo?

Posted: January 8, 2017 in Abertura-Opening-はじめに
Tags: , ,

8 De Janeiro

E Abraão edificou um altar… e amarrou Isaque, seu filho“, Gen.22.9

Esse incidente prefigura um equívoco que cometemos ao pensar que o sacrifício supremo que Deus requer de nós é a morte. O que Deus quer é um sacrifício através da morte, o qual capacita-nos a fazer o que Jesus fez, ou seja, sacrificar nossa vida para viver com Ele. Não se trata de “Eu quero morrer contigo”, mas, “Quero ser identificado com a tua morte, de modo que possa sacrificar minha vida vivente para Deus”. Parece que pensamos que Deus quer que renunciemos às coisas!

Deus corrigiu esse conceito errado em Abraão e consegue a mesma correcção em nós ainda. Não há nenhum texto no qual Deus nos diga para renunciarmos a coisas apenas pelo prazer de renunciá-las. Ele diz-nos que devemos renunciar a elas por amor do único bem que vale a pena ter – a vida com ele. Tudo é uma simples questão de se poderem soltar as amarras que fazem de nossa vida um molhe. Assim que isso acontece, através da identificação com a morte de Jesus, entramos num relacionamento com Deus por meio do qual podemos oferecer nossa vida como sacrifício único a ele. 

De nada adianta a Deus você dar-lhe a sua vida para morrer. Ele quer que você seja um “sacrifício vivo”, para que ele possa dispor de rodos os seus potenciais, agora salvos e santificados através de Jesus. Isso é que é sacrifício aceitável a Deus.

REAVIVAMENTOS

(www.reavivamentos.com)

“…Olhos para o cego e pés para o coxo… pai para o orfão e a causa que desconhecia, investiguei…” Jó 29:15,16

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s