Natal chegou…mas, só agora?!

Posted: December 22, 2016 in Caminhada com o Mestre
Tags: , , , , ,

Na verdade, Natal não é apenas no dia 25 de Dezembro [até porque essa história tem lá as suas ? e …]. Natal, na verdade, começa no dia 1 de Janeiro e vai até 31 de Dezembro, para recomeçar no dia seguinte e terminar na eternidade. Portanto, o Natal chegou bem antes do tal 25/12. Sim, Natal é todos os dias.

Natal, é morte. Ele nasceu para morrer; morrer pela humanidade…nascer para morrer é uma mensagem estranha para a humanidade à quem veio dar a sua vida. Natal é eu morrer todos os dias…morrer do meu egoísmo, do meu falso amor, da minha carne [frango, galinhas e irmãos]. Natal é eu morrer todos os dias e o Emanuel nascer em mim e através de mim.

Natal é ter consciência que para muitos eu sou a única Bíblia visível que pode ser lida, mas não apenas ter essa mentalidade, porém, acima de tudo, vivê-la.

Natal é viver para Cristo e nada mais desde o primeiro dia do ano até ao último e recomeçar. Não quer dizer desistir do emprego, da família, dos estudos, etc. para passar a ir todos os dias à igreja, ou ler a Bíblia 24/7…mas, sim, usar o meu emprego para a glória de Cristo… trabalhar, estudar, casar, constituir família para a glória de Cristo.

Ele veio não para ser o primeiro na minha vida, mas sim; tudo na minha vida; Ele quer ser o centro, o trono da minha vida deve pertencer-Lhe…assim é o Natal. Quando tenho-O no centro já não preciso de uma lista do tipo: primeiro Cristo, depois família, depois… e depois…O centro atrai tudo [e “tudo” quer dizer “tudo”]; não deixo de amar a minha família, esposa(o), etc. mas, levo-os para o centro, deixo de relaxar ou murmurar pelo emprego, salário, etc levo-os todos para o centro…levo-os para Cristo. Centro não é o mesmo que primeiro lugar.

Natal é ter a vida toda consagrada para Cristo e não apenas uma parte dela pois Ele quer ser o Senhor de toda minha vida. Apenas uma condição é necessária para que eu celebre este verdadeiro Natal: morte.  Morrer, morrer, morrer… todos os dias e que Ele viva em mim e através de mim…todos os dias.

É exactamente nela [morte] que encontramos uma outra mensagem, também, estranha para a humanidade. Natal implica morte e, morte implica vida. Basta analisar as declarações do Dono da vida:
“...Eu vim para que as minhas ovelhas tenham vida e a tenham em abundância.“-Jesus Cristo (João 10:10 – BSP)
Em outra ocasião, Ele deixou claro que:
Pois todo o que quiser salvar a sua vida perde-a, mas aquele que perder a vida, por causa de mim, salva-a. Que aproveita a alguém ganhar o mundo inteiro, se acabar por perder-se ou destruir-se?“- Jesus Cristo (Lucas 9:24,25)

Natal é morte!! Não gaste mais tempo…celebremos o Natal.

Hum!!! Quer celebrar o Natal?
Permita-me desejar-lhe…UMA BOA MORTE!

 

 

Comments are closed.