2 De Novembro
Se me amais, guardareis os meus mandamentos“, João 14.15.

O Senhor nunca insiste connosco para Lhe obedecermos sequer; ele diz-nos claramente que o benefício é todo nosso e mostra-nos o que deveríamos fazer, mas, nunca usa de meios para nos obrigar a fazê-lo quando o não quisermos. Temos que obedecer-lhe por causa da nossa unificação de espírito. Será por isso que, quando o Senhor falava em discípulado, usava a palavra SE – você só terá que fazê-lo, se o quiser. “Se alguém quer vir após mim, negue-se a si mesmo”, Luc.9:23; ceda-Me todos os direitos sobre si. O Senhor não está a falar aqui de posições na eternidade, mas, de sermos úteis a ele já aqui na terra e será por isso que as palavras dele nos parecem ser severas, Luc.14.26. Nunca interprete essas palavras sem levar em consideração aquele que as proferiu.

O Senhor não dita com regras específicas. Ele deixa bem claros todos os seus padrões e, se o meu relacionamento com ele é de amor, farei o que ele me diz para fazer sem nenhuma hesitação ou objecção sequer. Caso hesite, será apenas porque amo alguém mais do que a ele – a mim mesmo. Jesus Cristo não nos impele à obediência, mas, devemos fazê-lo logo. Quando lhe obedeço, cumpro o meu destino espiritual e a vida que me estava destinada se concretizará. Minha vida pessoal pode estar crivada de incidentes mesquinhos, todos eles imperceptíveis e insignificantes; mas, se eu obedecer a Jesus Cristo mesmo em circunstâncias adversas de solidão e tristeza, elas se tornarão pequenos orifícios através dos quais verei a face de Deus brilhar sobre mim; e quando me encontrar face a face com ele, ser-me-á desvendado então que, através da minha obediência, milhares de pessoas foram abençoadas sem eu saber como. Quando a operação de Deus dentro duma alma específica encontra nela a obediência, a redenção sempre produzirá vida abundante. Se obedecer a Jesus Cristo, a redenção de Deus beneficiará outras vidas por mim também, porque por detrás desses actos de obediência achar-se-á escondida aquela realidade do Deus todo-poderoso.

REAVIVAMENTOS

(www.reavivamentos.com)

“…Olhos para o cego e pés para o coxo… pai para o orfão e a causa que desconhecia, investiguei…” Jó 29:15,16

 

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s