24 De Outubro
Graças, porém, a Deus que em Cristo sempre nos conduz em triunfo“, 2 Cor.2.14

A perspectiva e o ponto de vista de cada obreiro de Deus, não poderá ser mais e apenas um dos mais elevados que lhe seja possível atingir; precisa ser mesmo o mais elevado. Tenha o cuidado de se poder empenhar, todos os dias, para conservar o ponto de vista de Deus firmado ainda em si mesmo e não pense em termos finitos quando pensa neles. Nenhum poder exterior deve poder inverter ou mesmo influenciar o ponto de vista que Deus lhe deu a ver.

O ponto de vista que deve ser permanentemente mantido é o de estarmos aqui com um propósito específico apenas – sermos cativos e fazermos parte do séquito e dos triunfos de Cristo. Não somos “obra” de um salão de exposição de Deus; estamos aqui tão-somente para exibir uma vida completamente cativa a Jesus Cristo, 2Cor.10:5, inteiramente real. Como são mesquinhos os outros pontos de vista como: “Acho-me aqui sozinho a batalhar por Jesus”; “Tenho que sustentar a causa de Cristo e defender esta “fortaleza” que ele me deixou”. No entanto, Paulo afirma mais ou menos isto: “Estou como um conquistador, não importando quais as dificuldades que existam em mim ou ao meu redor; serei sempre levado ao triunfo no final”. Será que essa concepção está sendo desenvolvida de maneira prática em nossas vidas diárias ainda hoje? O gozo secreto de Paulo era que Deus o chamara – a ele, um rebelde contra Jesus Cristo, um homem com as mãos todas sujas de sangue – e fez dele um cativo que para nada mais serviria enquanto estivesse aqui na terra. A alegria de Paulo era ser um cativo do Senhor; ele não tinha nenhum outro interesse, nem no céu nem na terra. É vergonhoso para qualquer cristão evangélico falar no obter vitórias ainda. O Vencedor deve ter-nos conquistado tão completamente que a vitória é sempre dele e nós “mais que vencedores através dele”, Rom.8:37.

“Porque nós somos para com Deus o bom perfume de Cristo”, 2Cor.2:15. Achamo-nos envolvidos na própria fragrância de Jesus e onde quer que formos, sempre nos tornaremos num agradável cheiro e seremos um maravilhoso refrigério para o próprio Senhor Jesus, nosso Deus.

REAVIVAMENTOS

(www.reavivamentos.com)

“…Olhos para o cego e pés para o coxo… pai para o orfão e a causa que desconhecia, investiguei…” Jó 29:15,16

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s