7 De Agosto
Não sabíeis que me cumpria estar na casa de meu Pai?” Luc.2.49

A infância do Senhor não foi considerada uma vida adulta imatura; sua infância é um facto que se pode considerar eterno. Será que sou filho de Deus santo e inocente pela identificação com o meu Senhor e Salvador? Será que encaro a vida como se a estivesse vivendo na casa de meu próprio Pai? Estará o Filho de Deus vivendo na “casa de seu Pai” em mim?

A realidade permanente é que Deus e seu cuidado nos alcança a cada instante que passa. Será que estou sempre em contacto com essa mesma realidade, ou oro apenas quando as coisas me vão mal, quando há algum momento de perturbação em mim? Temos que aprender a identificar-nos com o Senhor em santa comunhão através de meios que alguns de nós ainda nem começaram a aprender sequer. “… Me cumpria estar na casa de meu Pai” – devo viver todos os momentos na casa de meu Pai desse mesmo jeito assim.

Aplique esse princípio às suas condições individuais também – você estará tão identificado com a vida do Senhor a ponto de ser simplesmente um filho de Deus em constante conversa com ele e consciente de que todas as outras coisas virão de suas mãos? Será que o “Filho Eterno” que vive dentro de si está vivendo na casa do Pai ali mesmo? Ele está ministrando sua graça através de si nesse seu lar, em seus negócios, em seu círculo familiar? Você tem andado a perguntar-se por que tem de passar pelas coisas por que está passando? Não é que você tenha de passar por elas; é por causa do relacionamento que o Pai permitiu que Jesus tivesse consigo como filho santo que deve ser. Deixe que Deus aja como quer, sempre que quer; mantenha-se, assim, em perfeita união com ele.

Aquela vida permanente do seu Senhor deve tornar-se a sua vida também; o modo como ele agiu e viveu entre os homens deve ser a maneira pela qual ele deve ainda poder viver dentro de si também.

REAVIVAMENTOS

(www.reavivamentos.com)

“…Olhos para o cego e pés para o coxo… pai para o orfão e a causa que desconhecia, investiguei…” Jó 29:15,16

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s