Faleceu na igreja dos negligentes e frios na fé, a dona Reunião de Oração. A mesma esteve enferma desde os primeiros séculos da era cristã. Em vida, foi proprietária de grandes avivamentos bíblicos e de grande poder e influência no passado.

Os médicos constataram que a sua doença foi motivada pela frieza de coração, devido a falta de circulação da fé. Também foi constatado dureza de joelhos que já não dobravam mais, fraqueza de ânimo e muito falta de vontade.

Foi medicada, porém erroneamente pois foi receitada uma grande dose de “administração de empresa”, mudando’lhe o regime; o xarope de reunióes sociais sufocou-a bastante, e as injenções de competições desportivas que levou, provocaram uma má circulação nas amizades e, provocando ainda outros males da carne, tais como: rivalidades, ciúmes e sobretudo entre os jovens.

Foi-lhe administrado muitos acampamentos e comprimidos de club de campo; até cápsulas de gincana foi-lhe dado para tomar.

Resultado: morreu a Dna Reunião de Oração.

A autópsia revelou falta de elementos nutritivos causada pela ausência de alimentação do pão da vida, desidratação como consequência da carência de água viva e ausência espiritual.

Em sua memória, a igreja dos negligentes situada na Rua do Mundanismo, Nº 666 comunica que estará fechada nos cultos de 4ª e 5ª feiras. Aos domingos haverá escola dominical ou culto principal apenas pela manhã mesmo quando não houver feriados, o que será emendado com o lazer nas sextas e segunda feiras e, mais vígilias não fazem parte dos planos.

Respeitosamente,

Quinta feira, 24 de Dezembro de 2009, às 12:33

D. A.

El Predicador

Recebido via web.

Advertisements
Comments
  1. Ivone Diavita says:

    A igreja vive um período de decadência , mas é necessário voltar ao Senhor e ter em atenção a palavra de Deus em Efésios 5:13-16.

    • Ivone, as Escrituras advertem sobre a chegada de tais tempos mas, devemos ter em atenção que Igreja é o conjunto de cristãos logo, eu tenho a minha responsabilidade individual para ser luz e continuar na Fonte. No entanto, essa responsabilidade também pressupõe a demonstração do amor ao próximo (colectivo) alertando-o da decadência e suportando-nos uns aos outros para que continuemos a peregrinação até ao fim.
      Obrigado por passares cá e deixares o teu traço. Abraços.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s