ORAÇÃO E PIRATARIA

Posted: October 4, 2013 in Meditações de El Predicador
Tags: , ,

O artigo abaixo é da autoria de Vinicios Torres cujo blog tenho seguido ha já alguns bons anos e tem sido bastante edificante. Esta meditção é uma daquelas que Deus voltou a falar comigo sobre certas resoluções que havia feito ha vários anos atrás e que nos ultimos tempos relachava em cumpri-los com a mesma determinação do início. Espero que aprendas algo e sejas prático depois.

Quem poderá subir o monte do Senhor? Quem poderá entrar no seu Santo Lugar? Aquele que tem as mãos limpas e o coração puro…” (Salmos 24:3-4)

Alguns anos atrás decidi não fazer uso de programas irregulares em meu computador, os famosos programas piratas. Fui comprando os que podia e trocando outros pelas soluções gratuitas que haviam disponíveis. Já faz um bom tempo que os computadores de casa só têm programas legais.

Recentemente, passei um período de dificuldades em que esperava uma resposta do Senhor que parecia que nao vinha nunca. Um dia, em um momento de oração, percebi que algo não me deixava em paz e parecia que tinha alguma coisa que precisava ser resolvida.

Perguntei a Deus se havia algo em minha vida que precisava ser resolvido, alguma mágoa que precisava ser perdoada ou algo assim. Queria saber se havia algum motivo que estava impedindo a situação de se resolver. Fiquei em silêncio e esperei a resposta do Senhor.

Quase que imediatamente estes versos do Salmo 24 me vieram a mente, e particulamente, a expressão “mãos limpas” parecia ressaltar. Perguntei a Deus se aquilo tinha algum significado para mim. No meu interior, senti Deus dizendo “Você não está com as mãos limpas, você tem roubado. O seu computador está cheio de coisas que não são suas.”

Não conseguia entender o que Ele queria dizer com isso, pois não usava mais programas irregulares há tanto tempo e pedi para me mostrar o que eu estava fazendo de errado. De repente, vieram-me a mente as centenas de músicas, filmes e livros que tinha feito download e que usava sem ter comprado, sem ter pago os direitos de seus autores, violando o princípio bíblico que diz que o “trabalhador é digno de seu salário” (1 Timóteo 5:18).

Percebi que tinha caído numa armadilha muito simples: porque está facilmente disponível na internet, ignorei o fato de que não tinha o direito de pegá-lo. É mesma coisa que pegar mercadoria em exposição na porta da loja e não pagar, só que por ser “digital” ou “virtual” a gente não pensa que é roubo.

Infelizmente, muitos irmãos estão induzindo outros ao erro usando o argumento de que estão “compartilhando”, ignorando os termos de uso que constam nas embalagens, que não dá a eles o direito de distribuir o produto. Quantos cristãos também não estarão deixando de ser abençoados, por deixar brechas enganosas como estas em suas vidas?

Resolvi meu caso com Deus: apaguei do meu computador todo e qualquer arquivo que eu não tenha pago ou recebido o direito de ter. Com mãos limpas pude voltar à presença de Deus, confessar o meu pecado e receber o seu perdão. Em questão de dias, a resposta esperada chegou!

“Senhor, quero andar em santidade e sempre na Tua presença. Ajuda-me a ser obediente sempre que me mostrares algo que precisa ser mudado em minha vida.”

Vinicios Torres

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s