Morte: vida além da morte ou morte além da vida?

Posted: June 25, 2013 in Cristianismo na 1a Pessoa-Protestantismo
Tags: , , , , , , ,

Nenhum de nós vive para si mesmo nem morre para si mesmo. Se vivemos, é para o Senhor que vivemos; e se morremos, é para o Senhor que morremos: pois tanto na vida como na morte pertencemos ao Senhor. Com efeito, Cristo morreu e voltou a viver para ser o Senhor dos mortos e dos vivos. Romanos 14:7-9 (BSP)

A morte de um ente querido é sobremaneira chocante e sobretudo se o mesmo era tão próximo e activo na sua vida.

Há sensívelmente 1 mês, aprouve a Deus chamar para casa um dos meus manos, o René 2 (R2), man-Liami, Dom Willy ou primo Liami como carinhosamente era tratado a partir da infância pelos irmãos e primos, ou seja, um diminutivo para William.

Portanto, hoje, decidi escrever sobre o meu irmão e sobre as lições que aprendi com o Pai durante o período escuro que passamos e, deste modo, poder ajudar aqueles que sofreram ou, ainda, sofrem pela perca de um ente querido e, também, aqueles que futuramente hão-de passar por isto mas, sobretudo, desafiá-lo a encarar a morte com outra perspectiva.

O R2 foi dos primeiros a comunicar-se comigo nos meus primeiros dias fora do meu país. Nem queira imaginar o quanto me alegrei pois ele não era muito apegado as  tecnologias; as letras e as belas artes, sim, sempre tiveram espaço. Depois daí, nunca mais tive respostas para os meus emails. Passados quase 2 anos tive o privilégio de voltar a ouvir a sua voz através de uma ligação telefónica; que impacto! lembro-me apenas das palavras “eu sei que te devo e que tens razão em reclamar “, lá estava ele a pedir desculpas pelo silêncio quanto aos emails.

Como explicar a dor resultante da morte de um jovem calmo mas, activo e cheio de ideias construtivas? Como explicar a tristeza provocada pela partida repentina de um jovem que aguardava com expectativa pelo mês de Julho para contrair o seu matrimónio?

Quando recebi a notícia, saí para correr (algo que não fazia faz tempo) e de facto corri bastante naquela noite. Precisava desabafar e não havia melhor pessoa do que Deus, o autor da vida. Na minha conversa com o Pai, disse-Lhe que não estava preparado a encarar a ausência do Dom Willy e, entao orei por ressurreição e Deus respondeu-me com o seu belo silêncio; finalmente, apresentei-Lhe uma proposta, pedi-Lhe que eu fosse levado no lugar dele pois pensava no ja marcado casamento de Julho e a resposta que recebi do Pai foi esta:

O homem elabora muitos planos, mas é a decisão do SENHOR que prevalecerá. Provérbios 19:21

Em momentos como esse as interrogações são várias e achamo-nos no direito de ter as respectivas respostas e, obviamente Deus é o destinatário das questões. Mas, será que vale mesmo questionar? Estaremos em condições para entender ou, ainda, aceitar as respostas?

Será que Deus se importa mesmo? E, então porque permitiu?

Depois de ter compreendido um pouco quão miserável é a natureza pecaminosa do homem; o quanto é miserável este mundo e o quanto de distância ha entre o mesmo e a glória preparada aos vencedores, a resposta é obvia Deus importa-se e muito por nós.

  • A morte toma duas perspectivas diferentes, isto é, para o não-cristão e para o cristão. Veja como Deus importa-se tanto para o caso do primeiro grupo:

Desejaria eu, de qualquer maneira, a morte do ímpio? diz o Senhor DEUS; Não desejo antes que se converta dos seus maus caminhos, e viva? Ezequiel 18:23

Dá para imaginar como Deus fica quando o ímpio morre, certo?

Atitudes a tomar:

  • Arrependa-te dos teus pecados e submeta a tua vida ao senhorio de Cristo,

Porque o salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna, por Cristo Jesus nosso Senhor. Romanos 6:23

  • Perceba que a tua peregrinação na terra poderá terminar a qualquer momento.

E, como aos homens está ordenado morrerem uma vez, vindo depois disso o juízo. Hebreus 9:27

Portanto, ha morte além da vida.

Mas,

Hoje, se ouvirdes a sua voz, Não endureçais os vossos corações.Hebreus 4:7

E QUANTO AO CRISTÃO?

As vezes penso assim: se não for por arrebatamento, qual seria a outra via para deixar este mundo tenebroso  e descansar das fadigas? Ainda não achei outra resposta senao esta:  MORTE!!!

Honestamente, tenho saudades do meu bro. Quase sempre que toco na minha bicicleta lembro-me daquele que um dia me ensinou a pedalar, man-Liami! Ahm! Fazia parte do seu nome completo, o Vuvu Kwa Nzambi; nome que os nossos pais tiraram do Kikongo (língua falada no Norte de Angola e alguns paises vizinhos) que quer dizer “Esperança em Deus”; então nada está acabado, afinal existe o lado abençoado da morte.

Atitudes a tomar:

  • Seja grato a Deus e tenha coragem e fé em declarar: Obrigado, Pai. Romanos 8:28; 1 Tessalonicenses 5:18
  • Não tenha medo da morte pois o Mestre venceu a morte por ti. 2 Coríntios 5:15; 1 Coríntios 15:12-17
  • Encara a morte como uma simples mudança de endereço pois morrer para o cristão é mudar de endereço e ir a casa do Pai (Lopes, 2013) 2 Timóoteo 4:6
  • Chore com os que choram: a morte de um cristão ate certo ponto devia ser uma festa mas,…prontos! pode chorar mas, tenha controle das emoçoes para evitar blasfémias. Romanos 12:15
  •  Ore por e com aqueles que estejam a passar por este momento, caso conhecas alguem. 1 Tessalonicenses 4:18; Efesios 6:18
  • Morte é Vida além da morte. Portanto, não vá sozinho mate outros tambem, sim, MATE= pregue o Evangelho libertador. 2 Timoteo 4:1-5; Romanos 1:16
  • Fique firme e procure terminar bem a tua peregrinação. 2 Timóteo 4:7,8

Prepara-te para te apresentares diante de Deus de maneira que lhe agrade, como um trabalhador que náo tem de que se envergonhar e que proclama a palavra da verdade com rectidão. 2 Timóteo 2:15

Advertisements
Comments
  1. Ivone says:

    Rica partilha,realmente somos peregrinos nessa terra, enquanto vivemos devemos lembrar do nosso criador antes que nos venha dias maus.Ouvi recentemente alguém dizer sobre a morte de que todos nós estamos na lista de espera ,enquanto isso devemos viver fazendo a vontade de Deus.

  2. […] de Deus. Nem a morte nos amedronta aliás descobrimos que há algo de positivo dentro dela (leia AQUI algumas das lições que aprendi sobre a morte); procuramos conhecer e viver dentro dos […]

  3. […] Rei dos reis, Aquele que é a fonte da Vida; sim, Vida com V grande. Mais uma vez, tal como fez há 4 anos, Deus mostrou-me que apesar da dor e choros pela perda física, a morte morreu há bastante tempo […]

  4. […] de Deus. Nem a morte nos amedronta aliás descobrimos que há algo de positivo dentro dela (leia AQUI algumas das lições que aprendi sobre a morte); procuramos conhecer e viver dentro dos […]

  5. Flavio Yesua says:

    uma historia muito boa e para refletir

    • Oi Flavio!
      Muito obrigado por visitares o meu blog. Na verdade, teremos de ser capazes de ultrapassar a fase do reflectir e carregar o que aprendemos para a vida pratica. Deus o abencoe, volte sempre e traga + dois!

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s